Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

Tecnologia para pessoas...

GADGET MAN

06
Fev17

Mapa com as senhas de Wi-Fi dos aeroportos do mundo todo

Charlie

aeroportos-800x450@2x.png

 

Esperar o voo realmente não é nada agradável. E quem anda frequentemente de avião sabe o que é isso. Já andou por todas as lojas, bebeu três cafés, já comeu dois bolos e ainda faltam horas para o que voo saia. Então, quando já não há mais nada o que fazer, a internet é a grande salvadora.

 

Para ajudar nessa tarefa, o blogger viajante e engenherio de computação, Anil Polat, criou um mapa interativo onde se pode encontrar facilmente as senhas Wi-Fi de aeroportos de todo o mundo.

 

Ao clicar em um aeroporto, os usuários recebem instruções específicas sobre onde se sentar para ter o melhor acesso à rede Wi-Fi, juntamente com instruções para inserir a senha.

 

O recurso está disponível para iOSAndroid, e nesta página web. E bons vôos....

05
Out16

Google Home torna a casa inteligente, ou será mais um não lançamento?

Charlie

madebygoogle.jpg

 

 

A Google lançou, ontem (terça-feira, dia 4), o assistente pessoal Google Home, num evento realizado nos Estados Unidos. Integrado ao Google Assistant, o dispositivo será accionado por voz em qualquer lugar da casa, o que permite ao usuário ouvir música, saber a previsão do tempo, acompanhar o trânsito, acender ou desligar a luz. Mas isto são apenas promessas, é que parece que o dispositivo ainda não está apto a demonstrar ao vivo tudo aquilo que a Google diz que será capaz de fazer. Desejo sinceramente que não aconteça com o Google Home o mesmo que aconteceu ao Android Home em 2011, que nunca passou de projecto... 

 

 

Mas nem tudo foi "lançamentos futuros", na apresentação da família Made by Google que engloba vários dispositivos. Um deles é o Google WiFi, que têm por missão acabar com os problemas de cobertura WiFi.

 

Na família Chromecast também apareceram novidades. O novo Chromecast Ultra, passa a suportar resoluções Ultra HD 4K e HDR e ligação Ethernet.

 

E por fim, os primeiros óculos do programa VR da Google, os Daydream VR View, que têm um preço defenido de 69 dólares, bastante acessível. Mas é claro, que para tirar partido das suas capacidades será necessário ter um smartphone compatível Daydream, como os novos smartphones da Google, os Pixel. Esse sim, um lançamento de peso, que poderá ditar as regras no mercado dos smartphones, ou falhar redondamente e estarem em promoção já no próximo Natal.

 

Substituto a linha Nexus, é em conjunto com o Google Pixel XL, o primeiro smartphone com Google Assistant de fábrica. Com um hardware sem surpresas: ecrãs AMOLED de 5" (Full HD) e 5.5" (QHD), CPUs Snapdragon 821, 4GB de RAM, 32GB ou 128GB de capacidade, câmara de 12.3MP f/2.0, USB Type-C, Bluetooth 4.2, baterias de 2770mAh e 3450mAh, ficha para headphone, e sensor de impressões digitais na traseira (que pode ser usado como trackpad).

 

O Google Pixel está disponível nas cores preto, prata e azul, e começa a ser vendido por  649 dólares (versão de 32 GB) e 749 dólares (versão de 128 GB) nos Estados Unidos. Mas com estes preços, será que pega???

27
Mar16

Coluna de som que funciona como phone

Charlie

speaker.jpg

 

 

A Speaker é uma caixa de som que promete não incomodar quando o usuário está ouvindo música ao lado de outras pessoas. Usando uma técnica de emissão de áudio por meio de frequências altas, o aparelho evita que pessoas fora do ângulo de projeção ouçam o som.

 

O dispositivo funciona como phones de ouvido, permitindo que o usuário oiça música sem incomodar ninguém à sua volta. A ideia chamou a atenção no Indiegogo e já atingiu a meta de arrecadação.

 

A caixa funciona usando um sistema de reprodução de áudio diferente dos alto-falantes normais. O aparelho emite som em frequências mais altas, chamadas de ultrassom, em um ângulo mais estreito do que uma caixa convencional. O ultrassom emitido pelo aparelho, depois de percorrer a distância até um obstáculo, como os ouvidos, sofre um processo conhecido como demodulação, que efetivamente converte as frequências em som audível por humanos.

 

Por enquanto, a entrada mais barata é de 350 dólares e dá direito à compra de uma A Speaker no formato Junior, que é menor e mais portátil. Segundo os criadores, as entregas devem começar em setembro. Caso a campanha atinja metas superiores de arrecadação, a versão final poderá contar com tecnologias wireless, como Wi-Fi e Bluetooth, para conexão com aparelhos de som, smartphones e notebooks.

 

05
Jan16

Nova Iorque substitui cabines telefónicas por pontos wi-fi

Charlie

1023007.jpg

 

 

As cabines telefónicas são cada vez menos e pouco usadas muito por causa dos telemóveis. Assim, cerca de 500 cabines em Nova Iorque vão ser substituídas por pontos de serviço wi-fi gratuito até Julho deste ano, sendo que a previsão é que até 7500 unidades venham a ser retiradas em troca de ligação à web sem fios.

 

Cada ponto de wi-fi terá um ecrã electrónico em cada um dos lados para aí serem exibidos anúncios publicitários. Cada painel terá ainda um tablet onde o utilizador pode procurar informação sobre a cidade norte-americana ou navegar pela Internet, caso não disponha de um dispositivo com acesso online.

 

O projecto chama-se LinkNYC e está a ser gerido pela CityBridge, uma join-venture que junta três empresas de tecnologia – Qualcomm, CIVIQ Smartscapes e Intersection -, que estima o processo de substituição e criação dos pontos de wi-fi em mais de 200 milhões de dólares.

 

A CityBridge espera obter valores elevados com o projecto com a publicidade que poderá ser exibida nos pontos wi-fi, sendo que durante o contrato de um ano terá que pagar à cidade de Nova Iorque 500 milhões de dólares ou 50% dos lucros, consoante o valor seja mais alto. Para já, a empresa confirma que já tem vários contratos publicitários firmados, mas recusa-se a identificar os seus clientes.

 

via: Wall Street Journal

30
Nov15

Lâmpadas LED fazem transferência de dados a grande velocidade

Charlie

lifi-wifi-velmenni-li-fi-haas.jpg

 

E se uma lâmpada fosse mais rápida a fazer transferência de dados do que o sistema de comunicação por wireless? A startup Velmenni, com sede na Estónia, apresenta lâmpadas LED inteligentes que transferem dados através de ondas de luz e não por radiofrequência, o método tradicional.

 

Esta tecnologia permite uma maior segurança nas redes locais, pois a luz não pode passar através das paredes, o que também significa que há menos interferência entre os dispositivos. Talvez a vantagem mais significativa é a velocidade com que a tecnologia oferece . Os pesquisadores têm conseguido velocidades de 224 gigabits por segundo em condições de laboratório . Simplesmente espantoso...

 

via: ibtimes

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O melhor sítio para comprar

TecbStore

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D