Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

Aplicação de rastreamento de ciclos mentruais aprovada como método anticoncepcional na Europa

natural-cycles-app-contraception-3.jpg

 

A Natural Cycles é uma aplicação para smartphone que é a primeira app de fertilidade a ser aprovado como um contraceptivo na Europa. A sua marcação CE da classe IIb significa que cumpriu os requisitos de segurança, saúde e eficácia na mesma categoria de risco que o preservativo.

 

A aplicação baseia-se em métodos naturais de planeamento familiar que já existiam antes das aplicações dos smartphones, mas a Natural Cycles moderniza esses métodos de rastreamento combinando leituras de um termômetro basal com um algoritmo que contabiliza a irregularidades no ciclo e taxas de sobrevivência de esperma. Assim são apresentados quais dias que a usuária não é fértil e que dias ela deve usar proteção.

 

Um estudo de 317 mulheres mostrou que o algoritmo Ciclos Naturais foi capaz de identificar a ovulação com quase-ultra-som nível de precisão. Outro estudo, que foi realizado em mais de 4.000 mulheres, mostrou que uma média de sete mulheres em cada 100 ficou grávida em um ano quando usando Ciclos Naturais como um método de controle de natalidade. Ambos os estudos foram publicados no European Journal of Contraception & Reproductive Health Care.

 

O Natural Cycles está disponível no iOS e no Android. É um serviço baseado em assinatura que começa em 9,90 dólares por mês, ou 5,80 dólares por mês para um plano anual com um termômetro incluído.

 

A mim parece-me estranho, mas se resulta, porque não!!!

 

via: : Natural Cycles

Luva eletrónica para pegar em pesos sem fazer força

image.jpg

A 'startup' NUADA sediada no Porto desenvolveu uma luva eletrónica que permite a pessoas com problemas nos músculos e nas articulações da mão pegar em objetos pesados, que podem chegar aos 40 quilos, com a mão "relaxada" e sem fazer força.

 

A solução da NUADA baseia-se, principalmente, em componentes de baixo consumo energético, criados para lidar com suporte de peso pesado, mantendo a sensibilidade ao toque e uma relação não intrusiva com o corpo.

 

De acordo com o empreendedor, uma das utilizações principais é na área médica, sendo o produto, nesse caso, orientado para pessoas idosas ou que tenham artrite e pacientes que tiveram um acidente vascular cerebral (AVC).

 

via: jornal de negócios

 

Espelho inteligente promete usar a tecnologia para melhorar sua aparência

Os espelhos inteligentes não são exatamente uma novidade, já escrevi sobre eles (aqui e aqui). Estes dispositivos prometem trazer tecnologia paran este produto bastante comum na casa de todo mundo.  A diferença é que o HiMirror, é o primeiro produto que está realmente à venda.

 

O espelho conta com uma tela LCD de 14 polegadas; uma câmera com flash que permite ao sistema analisar a pele para oferecer dicas para melhorá-la (brutal!!). 

 

 

O dispositivo tira uma foto do rosto do usuário a cada dia para analisar itens como rugas, manchas escuras, olheiras, poros e manchas vermelhas. O objetivo é perceber as mudanças na pele com o tempo, além de sinalizar alguns problemas para que o usuário os identifique logo no início. O HiMirror trabalha com uma app para Android e iOS, que permite visualizar a evolução da pele. Entre os conselhos oferecidos pelo sistema estão coisas como “beba mais água” e “durma mais”. O espelho também se conecta ao Spotify  e mostra a previsão do tempo para o dia.

 

O sistema consegue ainda, reconhecer gestos e comandos de voz, mas também há botões físicos na parte inferior do espelho. O HiMirror tem um preço de 229 dólares e pode ser comprado no site da marca.

 

via: Engadget

Pâncreas artificial para ajudar os diabéticos

pancreas_00_thumb.jpg

 

De acordo com o DN, em Portugal é estimado que existam cerca de um milhão de diabéticos, dos quais 50 mil têm diabetes tipo 1.  O diabetes tipo 1 é uma doença causada pelo próprio organismo que destrói as células que produzem insulina. Mas agora surgue um dispositivo que pode ajudar os doentes com o seu problema.

 

FDA (Food and Drug Administration), organismo que controla os alimentos e medicamentos nos EUA, aprovou o MiniMed 670G, um dispositivo que permite monitorizar automaticamente a glicose e também fornece as doses de insulina necessárias.

 

Como usar o MiniMed 670G?

O MiniMed 670G pode ser fixado, por exemplo, num cinto e é ligado ao corpo através de um cateter para aplicar insulina. A avaliação da taxa de açúcar no sangue dos pacientes é realizada a cada cinco minutos. O equipamento foi alvo de vários testes e os resultados mostram que podem existir alguns efeitos colaterais como por exemplo hipoglicemia, hiperglicemia e até irritação da pele. O MiniMed 670G é recomendado para ser utilizado por pessoas com mais e 14 anos.

 

Esta “nova” tecnologia que quase não precisa da intervenção do paciente para controlar a doença, chegará ao mercado americano em 2017. Ainda não se sabe se chegará ao mercado português.

Controle a sua saude por smartphone

screen320x480.jpeg

 

 

Não param de surgir no mercado app's que prometem melhorar a sua saúde. Uma delas chama-se iStethoscope e é a nova aplicação para iPhone que converte o smartphone num estetoscópio digital. Ao colocar o microfone do equipamento sobre a pele, o programa vai reconhecer os batimentos cardíacos e outros ruídos do corpo humano com total nitidez. A aplicação foi criada por um especialista da Universidade de Londres. Esta app permite aos médicos amplificar os sons do paciente, gravá-los e enviá-los por e-mail a outros médicos em qualquer parte do mundo.

Outra app é o Blood Pressure Companion que além de medir a pressão sanguínea, também avalia a batida cardíaca, armazenando a informação de forma a obter um registo evolutivo.

 

Blood Pressure Monitor é outra das aplicações. Depois de inserir informações sobre os alimentos que ingere e os medicamentos que toma, o dispositivo analisa o seu peso, os níveis de açúcar no sangue e a pressão sanguínea, apresentando gráficos indicadores e informação estatística que lhe poderá ser muito útil. Cardiio, uma app gratuita, é outra das que tem à sua disposição para o mesmo fim.

 

iBP Blood Pressure e Instant Heart Rate, Cardiograph, Digifit iCardio e PulsePoint são outros dos instrumentos digitais virtuais que pode descarregar para o seu smartphone. No caso de ter propensão para doenças cardiovasculares ou de ser um doente coronário, não deixe também de fazer o download de ASCVD Risk Estimator, uma aplicação móvel que ajuda a identificar as suas hipóteses de poder vir a sofrer de um acidente vascular cerebral (AVC).

Dispositivo intravaginal permite ao bebé ouvir música dentro do útero

546384.jpg

 

 

“Mamãs e bebés unidos pela música mesmo antes do nascimento” – é assim que uma empresa promove o seu novo dispositivo intravaginal para os bebés em gestação ouvirem música. O Babypod é um dispositivo que estimula antes do nascimento através da música. Com o Babypod, os bebés aprendem a vocalizar desde o útero”, lê-se na descrição do produto no site oficial.

 

O dispositivo cor-de-rosa liga-se ao smartphone e, depois, é inserido no útero da mulher. Através de uma aplicação para telemóvel, é possível programar a coluna para emitir melodias que podem ser ouvidas pelo feto até 54 decibéis – a mesma música é ouvida pela mãe ou pelo pai, nos auscultadores, mas uma vez que a coluna não tem Bluetooth, os fios terão de estar colocados na coluna antes de a futura mãe a inserir.

 

No mínimo estranho, mas pode ser que resulte...

 

via: Público

Tattoo tech

Já aqui mencionei as tattoo electrónicas que se podem controlar a partir do smartphone e mudar a sua aparência. O protótipo que apresento vai mais à frente. Esta tattoo tem aplicações médicas práticas.

 

Tech-Tats-1260x710.jpg

 

 

Com um microcontrolador ATtiny85 recebe e armazena dados dos sensores que acompanham a taxa cardíaca, temperatura e outros sinais vitais do corpo do utilizador. A tatuagem comunica por Bluetooth com um app do smartphone, onde indica na tela os dados. Há também espaço para um sensor de luz ambiente que acende luzes LED no escuro.

 

 

Com evidente uso clínico, estas tatuagens são temporárias – podem ser facilmente removidas – e os pacientes não ficariam com uma lembrança desagradável de um tratamento difícil. A Chaotic Moon Studios ainda não revelou o preço para as tatuagens temporárias, mas planeja que elas sejam bem baratas.

Crianças já podem ter próteses inspiradas em personagens da Disney

Prosthetic-Arm-960x430.jpg

 

A Open Bionics está a desenvolver próteses de mãos e de braços inspirados nos filmes da Disney. A empresa conseguiu a autorização por parte da Disney e já foram apresentados modelos do Homem de Ferro, Elza de “Frozen” e  do sabre de luz de “Star Wars”. A Disney não só licenciou gratuitamente as próteses, como também investiu 120 mil dólares na empresa. A própria Disney, pediu a alguns dos seus designers para ajudar no design das próteses.

 

image.png

 

A ideia é que as crianças não sejam mais questionadas de como perderam o braço ou a mão. Brutal, não!??