Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

Dolce & Gabbana troca modelos por drones em desfile

A conceituada Dolce & Gabbana fez uma troca inusitada em seu desfile pela Semana de Moda de Milão. No último domingo, 25/02, a marca utilizou drones no lugar de modelos para desfilarem com suas malas da coleção outono/inverno.

 

E antes de sair dizendo que a tecnologia está acabando com mais uma profissão, cal-ma! A marca não aboliu as modelos de seu desfile. Elas ficaram responsáveis pelo desfile com as roupas da nova coleção...

 

Drone táxi

1.ehang-184-drone-que-consegue-carregar-passageiro

 

Após dois anos desde a sua primeira apresentação, na CES de 2016, o drone Ehang 184 deu provas de que consegue mesmo transportar passageiros sem nenhum piloto a bordo.

 

O fabricante do drone postou um vídeo com os primeiros testes de voos realizados na China nos últimos meses, todos bem-sucedidos. A companhia relata ter realizado mais de 1 mil voos com pessoas, nas mais diversas situações, incluindo condições adversas.

 

 

O drone usado nos testes comporta apenas uma pessoa, embora a marca tenha prometido a fabricação de um modelo de dois lugares. Nesses mais de mil voos, o 184 conseguiu realizar uma subida vertical de 300 metros, transportar mais de 230 kg, seguir uma rota com extensão de 15 km e alcançar 130 km/h em velocidade de cruzeiro – deslocamento registrado entre o final da subida e o início da descida da aeronave.

 

O drone foi desenvolvido para funcionar como táxi aéreo autônomo e tem a pretensão de revolucionar a mobilidade em cidades com trânsito congestionado. Apesar do estágio avançado do empreendimento, o Ehang 184 ainda não tem uma data prevista para chegar ao mercado. Mas a coisa promete...

Drone controlado por gestos

spark dji.jpg

 

O Spark é o novo drone da DJI e tem como diferenciador ser controlado por gestos. O drone também oferece suporte aos métodos mais tradicionais de pilotagem, com smartphone e controles remoto sem fio.

 

Desenvolvido para ser mais barato e fácil de controlar do que os Phantom, o drone possui uma câmera de 12 megapixels, tornando-o uma aposta interessante para quem quer um dispositivo que permita imagens aéreas, ou que tenha mais versatilidade do que uma GoPro. Ou mesmo uma alternativa mais barata ao Karma da GoPro.

 

A respeito dos comandos via gestos, a DJI não esclarece exatamente qual é o nível de controle que o usuário pode ter sem o uso de métodos mais tradicionais de pilotagem. De qualquer forma, na hipótese de que os gestos não sejam suficientes para manobras mais complicadas, é possível usar as aplicações da DJI para smartphones ou controlo remoto da marca para assumir o comando do Spark.

 

A marca ainda não tem data nem preço de lançamento.

Óculos VR permitem pilotar drones sem usar as mãos

goggles-dji-2.jpg

 

A DJI, fabricante dos drones Phantom, Inspire e Mavic, revelou esta semana o Goggles, uns óculos smart que permitem controlar os quadricópteros apenas com movimentos da cabeça. Para terem uma ideia: é possível ajustar a inclinação do drone e a direção da câmera sem as mãos, apenas olhando para os lados.

 

Com design ergonômico parecido com o do PlayStation VR e Gear VR, o Goggles tem visor Full HD (1920 X 1080) e duas lentes para ajudar na imersão. Segundo a DJI, as imagens transmitidas têm qualidade semelhante a uma tela de 216 polegadas a três metros de distância. O dispositivo traz ainda alto-falante embutido, mas é possível também plugar phones para sentir todas as sensações da gravação.

 

O Goggles proporciona visão em primeira pessoa (FPV) a partir da câmera acoplada no drone. Nos modelos Mavic Pro basta conectar os óculos ao sistema wireless OcuSync, enquanto nos quadricópteros Inspire 2, Phantom 4 Advanced e Phantom 4 Pro é preciso usar uma porta USB do controle.

 

O Goggles deve começar a ser vendido no dia 20 de maio de 2017 e ainda não tem preço para a Europa, mas já estão em fase de pré-venda nos Estados Unidos por 449 dólares.

 

Drone subaquático filma em 4K e é controlado por smartphone

drone aqua.jpg

 

O Gladius é um drone tipo submarino que é capaz de submergir a até 100m de profundidade. Com uma câmera de alta definição embutida, o dispositivo permite fazer registros do fundo do mar em fotos e vídeos. Por incrível que pareça é manobrado através de um controle especial para Android e iOS, semelhante ao de um jogo de video.

 

qdyaie6eqe23paujqgr31.jpg

 

A câmera do drone possui sensor de 1/2,3 polegadas CMOS, com capacidade de gravar vídeos a partir de 1080p na edição simples e 4k na avançada. As fotos são feitas com resolução mínima de 8 megapixels, com armazenamento por cartão sd de até 32 gb.

 

O acessório pesa 3 kg, mede aproximadamente 42 x 26 x 9 cm e tem velocidade máxima de cerca de 2 m/s. Ele é equipado com quatro motores, duas luzes de LED com 1.200 lúmens de intensidade.

 

O drone traz uma bóia especial criada para estender a conexão por Wi-Fi, permitindo que o gadget permaneça conectado a longas distâncias. Esta bóia possui um cabo de cerca de 30m de comprimento para evitar que o dispositivo se perca em locais amplos como o oceano.

 

Com entrega prevista para junho de 2017, o gadget ainda está em fase de arrecadação de fundos no Indiegogo. Terá um preço de 599 dólares.

AirSelfie, um mini drone para tirar selfies

75b64e6a8e7dd4ea53757acd60d38579_original.png

 

O AirSelfie é um drone minúsculo projectado exclusivamente para tirar selfies. A ideia foi desenvolver uma câmera que voa e que, com ela, fosse possível captar ângulos maiores e englobar mais pessoas nas imagens. O dispositivo funciona de forma autonoma e pode ser carregado para qualquer lugar, já que cabe no bolso.

 

 

 

Micro drone para filmagens

micro-drone-3-1.jpg

micro-drone-3-3.jpg

 

A maioria dos drones pequenos são projectados para o vôo recreativo e não para filmar imagens aéreas, uma vez que o seu tamanho não é exatamente o mais adequado para carregar uma câmera razoavelmente decente.

 

Mas não é esse o caso do Micro Drone 3.0, um minúsculo drone que vem com uma câmera razoavelmente boa e um estabilizador cardan. Com um corpo de apenas 5,5 cm polegadas de diâmetro e uma envergadura de 14 cm, mini-drone mais parece um brinquedo do que uma ferramenta de video fiável. 

 

Ao contrário da maioria dos drones pequenos, o Micro Drone 3.0 não tem a câmera integrada no corpo. Em vez disso, ele vem com uma câmera separada de 720p que pode ser anexado ao fundo do drone. Pode ainda transmitir imagens para o app via Wi-Fi de 2,4 GHz ou salvá-lo em um cartão microSD. Apesar do tamanho pequeno, é um drone muito poderoso, com uma velocidade máxima de 60 km/h e auma altura de 150 metro.

 

 

É de salientar que o drone não tem vôo automático, o que faz que estejamos que o pilotar sempre. Está disponível  por 215 dólares.

Drone de bolso com câmera 4K que dispara "balas"

48bfe2e4-11ff-41c5-a84b-8433ab33fccf.jpg

 

Apresentado durante a CES 2017 em Las Vegas, o Wingsland S6 é o drone de bolso mais fino do mundo com câmera 4K. Além de ser pequeno e produzir imagens de alta qualidade, o aparelho tem como diferencial o entretenimento.

 

Com 138 mm x 79 mm x 32.6 mm, ele cabe na palma da mão e no bolso – é sensivelmente do mesmo tamanho de um iPhone 7 Plus. Com apenas 250 gr não é dificil carregá-lo na bolsa. A câmara tem como especificações para além dos 4K Ultra-HD, tem 13 megapixels e três eixos de estabilização de imagem. Tem ainda o recurso de foto panorâmica, vídeo em câmera lenta e pode seguir o usuário de forma automática. Para usar o drone, basta utilizar o seu smartphone para fazer o download do aplicativo de controle de funções.

 

Diferente de outros drones, o Wingsland S6 tem como destaque o uso de acessórios de entretenimento que são vendidos separadamente. É possível adicionar uma tela com LED, ligar e desligar as luzes através do smartphone. Mas o destaque é a arma brinquedo com um funcionamento bastante simples: basta inserir as balas de 8 mm no suporte acoplado ao drone. Com o joystick (que será vendido separadamente), o usuário só precisa controlar a mira e disparar no alvo. Brutal não!!?

 

O preço do lançamento nos EUA é de 399 dólares (370 dólares no site) e está disponível para ser enviado para todo o mundo.

 

Drone de bolso para tirar selfies!

15241341_1872421719658265_8171122331514758402_n.jp

 

Imagina um pequeno drone de bolso, capaz de te seguir para tirar a melhor selfie possível. Apresento o AirSelfie, uma câmera portátil capaz de voar e tirar selfies.

 

O produto tem sensivelmente o tamanho de um smartphone e é equipado com uma câmera HD com resolução de 1280×720 pixels - pronto não dá para tirar fotografias com a melhor das resoluções, mas é um drone. Para voar, ele conta com quatro hélices e basta soltá-lo na altura desejada que ele mantém-se estável no ar - se tiver vento gostava de ver - e pode ser controlado pelo smartphone. Além disso, o aparelho pode voar até 20 metros do solo.

 

É possível sincronizar o mini drone com o smartphone para ver o ângulo da câmera em tempo real e se posicionar corretamente. Infelizmente, a autonomia da bateria do aparelho é de apenas três minutos. Por enquanto, é compatível com apenas alguns modelos do iPhone (6/ S7/Plus), Huawei P9, Google Pixel e Samsung Galaxy S7 Edge. Basicamente, o drone é um substituto do famoso pau-de-selfie ...

 

 

Actualmente, o produto está em campanha de arrecadação no Kickstater, com um preço de 179 euros. O projeto já teve a sua meta de financiamento atingida, com mais de 1900 compradores interessados e que deverão receber o produto em fevereiro de 2017.

 

via: Kickstarter