Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

Curiosidades sobre a Apple

A Apple é responsável pelo desenvolvimento de dispositivos como o iPad, iPod ou o iPhone, e conta com uma legião de fiéis consumidores, que fazem filas nas portas das lojas  no lançamento dos novos produtos. Apesar da imensa popularidade em todo o mundo, nem todos os fatos sobre a companhia são de conhecimento geral. Aqui fica uma listas de fatos pouco ou nada conhecidos da maioria das pessoas.

 

1. O primeiro logo da Apple não foi uma maçã

Sabia que a empresa nem sempre foi representada pelo logotipo da maçã!! Segundo com o site Think Marketing, o primeiro logotipo criado pelo co-fundador da Apple, Ronald Wayne, nos anos 70, consistia no cientista Isaac Newton sob a árvore de onde caiu o fruto que o levou a pensar na Lei da Gravidade Universal. Para completar, uma faixa com o nome da companhia: “Apple Computer Co.”.

 

logo-apple-antigo.jpg

 

 

2. Apple Stores falsas na China

 Na China, há várias lojas “oficiais” falsas da Apple. Os proprietários fazem de tudo para que, visualmente, o negócio seja o mais similar possível às Apple Stores verdadeiras, com áreas de testes de produtos e funcionários com uniformes azuis e o logo da maçã. Alguns trabalhadores de uma dessas lojas, ficaram surpreendidos quando se depararam com a informação de que o estabelecimento não era oficial.

 

3. A Apple utiliza telas fabricadas pela Samsung

Retina Display é a dominação usada pela Apple para telas que têm uma resolução que torna impossível identificar pixels a olho nu e a uma distância padrão do aparelho. Apesar da patente e marca registrada, o maior fabricante da peça para iPads é a principal concorrente da empresa da maçã: a Samsung. A marca sul-coreana é composta por diversas empresas, entre elas, a Samsung Mobile Display, que, em 2014, forneceu 5. 2 milhões de unidades de telas Retina de 9.7 polegadas à Apple.

 

4. Co-fundador vendeu sua parcela da empresa por apenas 800 dólares

Steve Jobs e Steve Wozniak são mundialmente conhecidos como os fundadores da Apple. O que nem todos sabem é que, inicialmente, havia um terceiro membro na equipa, o engenheiro Ronald Wayne, que, em 1974, vendeu a sua parte percentual de 10% da companhia por 800 dólares. Em 2017, a sua parte valeria 67 bilhões de dólares.

 

5. A Apple fatura cerca de 1.444 dólares por segundo

De acordo com um infográfico divulgado no final do ano passado pela TitleMax, a Apple gera 1.444 dólares por segundo, o que garante o montante de 5.1 milhões de dólares por hora.

 

apple-por-segundo.jpg

 

6. A Apple poderia comprar a Disney ou a Coca-Cola e pagar em dinheiro 

A Apple está a levar de volta para os Estados Unidos, o lucro obtido pela empresa em outros países desde 2016. Na prática, isso significa que cerca de 250 bilhões de dólares entraram nos seus cofres. Para ter uma ideia, com esse dinheiro, a empresa poderia comprar a Disney ou a Coca-Cola em dinheiro vivo. Ou ainda, comprar Uber, Tesla, Twitter, Netflix, Dropbox, Snapchat, Airbnb e SpaceX, tudo de uma vez, e ainda sobrava algum para outras loucuras. 

 

 

Projetor portátil para ser usado por crianças

cinemood.jpg

 

Cinemood é um projetor pequeno, desenvolvido para uso familiar. O dispositivo foi projectado para distrair crianças com conteúdo de qualidade, fotos, vídeos e até experiências educativas.

 

A ideia é que a ação de assistir a filmes e desenhos não se restrinja mais à passividade do sofá diante da TV e que esse tipo de actividade possa engajar a família toda, atingindo projeção de até 150 polegadas em resolução Full HD. O Cinemood protagoniza uma campanha de financiamento coletivo de sucesso no site Indiegogo.

 

O projetor que corre o sistema Android 4.4, garante o acesso a aplicativos e material como livros e fotos, possibilitando um funcionamento similar ao do Chromecast, mas sem precisar de uma televisão e com direito a projeção nas paredes da sala. 

 

O projetor cabe na palma da mão, pesa só 250 gramas e pode ser personalizado por um conjunto de capas oferecidas pelo fabricante. Há um aplicativo para iOS que controla o aparelho via Wi-Fi. Tem bateria para 3 horas de reprodução de vídeo, 32 GB de espaço para dados, que podem ser expandidos com uma pendrive. Sem interface HDMI, é preciso copiar o conteúdo para o projetor antes de exibi-lo.

 

CINEMOOD-Family.jpg

 

A campanha de arrecadação já foi encerrada, mas ainda é possível adquirir o produto via Indiegogo, por 399 dólares e com direito a mais um pacote com desenhos, filmes, audiobooks e conteúdo educacional.

 

Via Indiegogo

App Store já permite dar gorjetas aos programadores das apps

app_store_tip_2-720x436.jpg

 

A App Store é onde podemos aceder a todas as aplicações disponíveis e assim dar novas funcionalidades aos nossos equipamentos.

 

A Apple deu agora mais um passo, ao permitir que se ofereçam gorjetas aos programadores, através de uma simples compra dentro das apps.

 

Esta novidade vinha a ser pedida há já muito tempo pelos programadores. A possibilidade de os premiar com ofertas em dinheiro não existia e por isso estes recorriam muitas vezes a serviços externos à App Store, algo que a Apple não gostava.

 

Nada melhor do que premiar quem achamos que merece...

Vírus no Android disfarça-se como 'atualização do sistema'

android.jpg

 

Pesquisadores da empresa de segurança Zscaler revelaram a semana passada, a descoberta de um vírus para Android escondido no Google Play. O malware ficou por três anos registrado na loja de apps com o nome de "System Update".

 

Segundo os pesquisadores, o vírus já havia sido baixado mais de 1 milhão de vezes antes de ser excluído do Google Play. A julgar pelos comentários deixados pelas vítimas, o app era instalado por pessoas que achavam que estavam a instalar uma atualização do Android.

 

Quando um usuário tentava abrir a aplicação depois de a instalar, surgia uma mensagem de erro "O System Update parou de funcionar". O ícone do programa desaparecia da tela, mas continuava no sistema, infectando o dispositivo com um spyware chamado SMSVova.

 

Com o vírus no local, um hacker poderia tomar controle do smartphone da vítima apenas enviando uma mensagem SMS com o termo "get faq". Remotamente, o criminosos poderia ter acesso a todos os dados do dono do smartphone e ainda trocar a senha de bloqueio para deixá-lo inacessível.

 

De acordo com os pesquisadores da Zscaler, embora o app malicioso já tenha sido apagado do Google Play, é possível que o código do SMSVova esteja inserido em outro vírus disfarçado. Fica a dica para quem usa Android: não baixe supostas "atualizações de sistema" pelo Google Play. 

 

via: Digital Trends

Aplicação que denuncia os radares nas estradas de Portugal

24-11-2013-17-48-07_thumb.jpg

 

A aplicação permite ter acesso a uma comunidade que denuncia a existência de radares em todo o país

 

As estradas em Portugal estão repletas de radares, que não têm problemas em apanhar os condutores mais distraídos. Por essa razão, é bom saber a localização de radares, e assim surgiu uma palicação que está disponível para Android e iOS.

 

A aplicação chama-se Radares de Portugal e tem como objetivo denunciar e confirmar  a existência de radares em determinadas zonas do país, tendo acesso a uma comunidade ativa que introduz também informações das operações das autoridades portuguesas.

Caixa smart: carrega telemóvel e funciona como agenda, cinema e alarme

reflexbox-20-2.jpg

 

A Reflexbox 2.0 é um carregador sem fios multimédia que permite, além decarregar a bateria do smartphone, activar a  agenda, filmes, alarme e a previsão do tempo. A caixa inteligente funciona por controle de voz e pode ser activada e configurada com toques na mesa ou na superfície em que estiver apoiada. Brutal, não!?

 

Desenvolvida por Mattia Morghen, a Reflexbox 2.0 funciona coma  ajuda de uma aplicação disponível para Android e iOS. Ao colocar o smartphone na base do carregador wireless é possível navegar pelo relógio, calendário, tempo, lâmpada, vídeos e slideshow de fotos, tudo com um design que lembra um pequeno cinema, com projetor e apoio para o smartphone.

 

O dispositivo já bateu a meta de financiamento no Kickstarter. O kit, que vem com uma caixa smart, um adaptador para smartphone, cabo USB e carregador wireless custa € 47. A previsão de entrega é no mês de abril de 2017.

 

via Kickstarter

Aplicação para saber o preço dos combustíveis em Portugal

combustiveis.jpg

 

Um projecto desenvolvido por Joel Luís e Luís Zambujo no âmbito de um Mestrado em Engenharia Informática - Computação Móvel no Instituto Politécnico de Leiria, deu origem a esta aplicação bastante prática para quem procura saber os melhores preços dos combustíveis na sua zona.

 

Com os preços dos combustíveis tendencialmente a subirem, o melhor é estar informado da gasolineira com os melhores preços. Esta aplicação de nome TuGas,  disponível para iOS mas com uma versão para Android prometida, permite utilizar diversos filtros e consultar os preços dos combustíveis, ordenados por preço ou por proximidade - com a indicação imediata do preço do combustível adequado para a viatura registada.

 

A diferenciação em relação a outras aplicações como a Vivagas, é que esta é mais simples e mais rápida nas consultas.

 

 

Hater a aplicação que une pessoas com ódios em comum

167920.307558.jpg

 

Todos nós temos alguma coisa irritante que odiamos, e agora vai ser possível usar essa informação a favor do amor. Ao contrário das outras aplicações de encontros e redes sociais, que unem as pessoas de acordo com os seus gostos em comum, esta nova app de nome Hater funciona com base naquilo que os seus utilizadores detestam.

 

Ao abrir a aplicação, aparecem vários assuntos, situações e pessoas específicas (como Donald Trump, por exemplo) que os usuários podem indicar se odeiam. À medida que os temas são “odiados”, os algoritmos da aplicação os associará com pessoas que odeiam itens em comum e outros fatores, como localização. A partir daí será fácil quebrar o gelo de uma conversa ao discutir os motivos de não gostar de tais coisas. Estranho, mas pode resultar... o assunto do momento como não podia deixar de ser é Donald Trump.

A aplicação será lançada oficialmente a 8 de fevereiro, mas já está disponível uma versão beta na App Store. Em breve, usuários do Android também poderão instalar a novidade.

via: Mashable

Como encontrar o seu smartphone batendo palmas ou assoviando

smartphone.jpg

 

Quando perde o smartphone, tanto o iOS, quanto o Android ou o Windows Phone, têm recursos que fazem o aparelho emitir um som e assim  consegue encontra-lo caso esteja perto dele.

 

Mas se é daqueles esquecidos que passam o tempo a perder o telefone, não vai querer estar sempre a entrar na sua conta através do computador para ver onde está o "dito cujo".? Há formas mais fáceis: existem aplicativos que ajudam a localizar o smartphone só batendo as palmas ou assoviando!