Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

Tamagotchi volta a atacar

O clássico Tamagotchi da Bandai Namco volta  numa versão moderna, que encontra nos smartphones um novo habitat. 

 

tamagochi.jpg

 

O jogo estava anunciado desde 2017, mas esta semana, a Bandai Namco quebrou o silêncio e revelou finalmente que My Tamagotchi Forever vai chegar às lojas de aplicações a 15 de março.

 

Segundo a página oficial do Twitter, as crituras virtuais, que têm de ser tratadas tal qual um animal de estimação, vão invadir os smartphones no dia 15 do próximo mês. Se quiser ser um dos primeiros a instalar a app, saiba que os pré-registos já estão abertos, tanto para iOS, como para Android.

 

Em My Tamagotchi Forever, a Bandai recupera o clássico sistema que ficou popular no final dos anos 90, em que os utilizadores têm de alimentar, lavar e entreter um animal virtual, cujo estado vai ser influenciado com a qualidade dos cuidados que lhe forem dados. Nesta nova versão, a empresa vai ainda explorar uma vertente social, que colocará todas as criaturas deste universo em contacto.

Smartphone da Motorola com Polaroid

polaroid_cell_1.png

insta-share-moto-mod-on-side.jpg

 

A Motorola tem no mercado um novo acessório que tem tudo para fazer sucesso entre amantes de fotografia: o Moto Snap de Polaroid que funciona em conjunto com os smartphones da marca e que são compatíveis com o conceito de design modular – Moto Z2 Play, Moto Z2 Force e Moto Z Play 

 

A Polaroid da Motorola prende-se ao telefone por meio de ímãs, assim como outros acessórios da linha Moto Snap – também chamados de Moto Mods nos Estados Unidos. As fotografias ficam depositadas na traseira do equipamento. Junto com o apetrecho, a fabricante envia pacote com dez folhas.

 

A Polaroid Insta-Share Printer foi revelada em novembro, com previsão de vendas inicialmente para o território norte-americano. Mas gostava de ver este gadget na europa...

Dolce & Gabbana troca modelos por drones em desfile

A conceituada Dolce & Gabbana fez uma troca inusitada em seu desfile pela Semana de Moda de Milão. No último domingo, 25/02, a marca utilizou drones no lugar de modelos para desfilarem com suas malas da coleção outono/inverno.

 

E antes de sair dizendo que a tecnologia está acabando com mais uma profissão, cal-ma! A marca não aboliu as modelos de seu desfile. Elas ficaram responsáveis pelo desfile com as roupas da nova coleção...

 

Elétrico japonês chega aos 100 km/h em menos de dois segundos

Oriundo do Japão, o Aspark Owl quer reclamar o título de carro elétrico mais veloz do mundo em aceleração. Com os seus 1000 CV de potência provenientes de dois motores 100% elétricos, credenciais não faltam a este hiperdesportivo produzido em fibra de carbono.

 

Num vídeo filmado por um jornalista da revista japonesa Gigazine é possível observar a sua capacidade de aceleração abaixo dos dois segundos no exercício dos zero aos 100 km/h, mais concretamente, 1,921 segundos! Além do baixo peso (850 kg) resultante da carroçaria em carbono, a marca destaca ainda o facto de ter uma aerodinâmica muito cuidada, com apenas 99 cm de altura, equivalendo quase a um protótipo de competição.

 

 

A marca tem prevista a construção de 50 unidades do Owl, com preços estimados em redor dos 3.5 milhões de euros. Resta mencionar que apesar do vídeo, o tempo da aceleração demonstrado não está oficializado... mas que é uma bomba é.

Curiosidades sobre a Apple

A Apple é responsável pelo desenvolvimento de dispositivos como o iPad, iPod ou o iPhone, e conta com uma legião de fiéis consumidores, que fazem filas nas portas das lojas  no lançamento dos novos produtos. Apesar da imensa popularidade em todo o mundo, nem todos os fatos sobre a companhia são de conhecimento geral. Aqui fica uma listas de fatos pouco ou nada conhecidos da maioria das pessoas.

 

1. O primeiro logo da Apple não foi uma maçã

Sabia que a empresa nem sempre foi representada pelo logotipo da maçã!! Segundo com o site Think Marketing, o primeiro logotipo criado pelo co-fundador da Apple, Ronald Wayne, nos anos 70, consistia no cientista Isaac Newton sob a árvore de onde caiu o fruto que o levou a pensar na Lei da Gravidade Universal. Para completar, uma faixa com o nome da companhia: “Apple Computer Co.”.

 

logo-apple-antigo.jpg

 

 

2. Apple Stores falsas na China

 Na China, há várias lojas “oficiais” falsas da Apple. Os proprietários fazem de tudo para que, visualmente, o negócio seja o mais similar possível às Apple Stores verdadeiras, com áreas de testes de produtos e funcionários com uniformes azuis e o logo da maçã. Alguns trabalhadores de uma dessas lojas, ficaram surpreendidos quando se depararam com a informação de que o estabelecimento não era oficial.

 

3. A Apple utiliza telas fabricadas pela Samsung

Retina Display é a dominação usada pela Apple para telas que têm uma resolução que torna impossível identificar pixels a olho nu e a uma distância padrão do aparelho. Apesar da patente e marca registrada, o maior fabricante da peça para iPads é a principal concorrente da empresa da maçã: a Samsung. A marca sul-coreana é composta por diversas empresas, entre elas, a Samsung Mobile Display, que, em 2014, forneceu 5. 2 milhões de unidades de telas Retina de 9.7 polegadas à Apple.

 

4. Co-fundador vendeu sua parcela da empresa por apenas 800 dólares

Steve Jobs e Steve Wozniak são mundialmente conhecidos como os fundadores da Apple. O que nem todos sabem é que, inicialmente, havia um terceiro membro na equipa, o engenheiro Ronald Wayne, que, em 1974, vendeu a sua parte percentual de 10% da companhia por 800 dólares. Em 2017, a sua parte valeria 67 bilhões de dólares.

 

5. A Apple fatura cerca de 1.444 dólares por segundo

De acordo com um infográfico divulgado no final do ano passado pela TitleMax, a Apple gera 1.444 dólares por segundo, o que garante o montante de 5.1 milhões de dólares por hora.

 

apple-por-segundo.jpg

 

6. A Apple poderia comprar a Disney ou a Coca-Cola e pagar em dinheiro 

A Apple está a levar de volta para os Estados Unidos, o lucro obtido pela empresa em outros países desde 2016. Na prática, isso significa que cerca de 250 bilhões de dólares entraram nos seus cofres. Para ter uma ideia, com esse dinheiro, a empresa poderia comprar a Disney ou a Coca-Cola em dinheiro vivo. Ou ainda, comprar Uber, Tesla, Twitter, Netflix, Dropbox, Snapchat, Airbnb e SpaceX, tudo de uma vez, e ainda sobrava algum para outras loucuras. 

 

 

Hero Vision AR da Hasbro permite que qualquer pessoa "seja" o Iron Man

iron man.jpg

 

A Hasbro está a apresentar o Avengers: Infinity War Hero Vision Iron Man AR Experience, um kit de Realidade Aumentada com máscara e punho que permite ao utilizador ver o mundo como se fosse o Iron Man.

 

O novo brinquedo foi apresentado por estes dias na Toy Fair que se realiza em Nova Iorque. O dispositivo inclui uma máscara, um punho e deve ser emparelhado com uma app para Android ou iOS. O telefone deve ser colocado dentro da máscara e proporciona então uma experiência de realidade aumentada. O punho é, na verdade, uma pulseira que se usa na mão e permite destruir os inimigos. Estes inimigos são na verdade marcadores físicos que foram previamente espalhados pela sala e que são mostrados pela app como adversários.

 

 

O jogo inclui dez níveis e basta mudar os marcadores de sítio para se ter uma experiência nova. Os criadores incluiram pausas obrigatórias regulares. Por exemplo, se alguém estiver a jogar por mais de dez minutos consecutivos ou chegue ao terceiro nível tem de tirar o telefone da máscara para conseguir personalizar a armadura, explica o The Verge.

 

A aplicação é compatível com Android 5 ou iOS 6 ou mais recentes e o sistema completo vai estar à venda por cerca de 50 dólares na primavera.

Tarus - O Este selvagem

474.jpg

 

Não é muito comum encontrarmos uma moto com tracção integral, mas a Taurus 2x2 é sem dúvida um conceito  diferente. Para além da tracção nas duas rodas, esta moto do fabricante russo Taurus Motorcycles vem dentro de dois "sacos", pode ser montada em 5 minutos, e é capaz de atravessar todos os tipos de terreno.

 

 

Para já existem dois modelos: a 2x2 Taurus 2, uma versão mais leve com dois pneus de baixa pressão, e a 2x2 Taurus 2m, uma versão mais pesada e mais potente, com verdadeiros pneus off-road. Ambos os modelos partilham algumas características, como uma transmissão de três velocidades, disco de travão no eixo intermédio (em vez dos normais discos de travão em cada roda), consumos de 1,2 litros/hora e velocidades máximas de 60km/h.

 

Ambas as motos são desmontáveis, isto é, podem ser facilmente desmontadas e arrumadas em dois sacos especialmente concebidos para facilitar a arrumação e o transporte. O modelo mais leve pesa entre 47 e 50 kg, o que o torna leve o suficiente para se poder movimentar em terreno lamacento com facilidade, enquanto o outro modelo pesa entre 72 e 74 kg, incorporando um potente motor de 4 válvulas e os pneus off-road com 220mm de largura e 650 mm de diâmetro,


Infelizmente, a Taurus apenas está à venda na Russia com o preço a rondar os 1.545 euros, mais taxas.

Drone táxi

1.ehang-184-drone-que-consegue-carregar-passageiro

 

Após dois anos desde a sua primeira apresentação, na CES de 2016, o drone Ehang 184 deu provas de que consegue mesmo transportar passageiros sem nenhum piloto a bordo.

 

O fabricante do drone postou um vídeo com os primeiros testes de voos realizados na China nos últimos meses, todos bem-sucedidos. A companhia relata ter realizado mais de 1 mil voos com pessoas, nas mais diversas situações, incluindo condições adversas.

 

 

O drone usado nos testes comporta apenas uma pessoa, embora a marca tenha prometido a fabricação de um modelo de dois lugares. Nesses mais de mil voos, o 184 conseguiu realizar uma subida vertical de 300 metros, transportar mais de 230 kg, seguir uma rota com extensão de 15 km e alcançar 130 km/h em velocidade de cruzeiro – deslocamento registrado entre o final da subida e o início da descida da aeronave.

 

O drone foi desenvolvido para funcionar como táxi aéreo autônomo e tem a pretensão de revolucionar a mobilidade em cidades com trânsito congestionado. Apesar do estágio avançado do empreendimento, o Ehang 184 ainda não tem uma data prevista para chegar ao mercado. Mas a coisa promete...

Pág. 1/2