Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

Tem um iPhone 7? Mantenha-o longe de si...

26.11.16 | Zé Gato

iphone_7_plus_memoria-720x450_thumb.jpg

 

Os smartphones têm associado um nível de radiação que pode ser prejudicial para a saúde. Apesar de não existir propriamente estudos conclusivos sobre a matéria, há algumas recomendações que devem ser levadas a sério pelos utilizadores.

 

O iPhone 7 e iPhone 7 Plus são dos equipamentos mais radioactivos da actualidade e a Apple aconselha a mantê-los longe da cabeça. A Apple recomenda também que os carregamentos do dispositivo sejam realizados a uma distância mínima de 5 mm do corpo do utilizador. A Apple alerta ainda para o uso de capas de metal que podem influenciar no desempenho da emissão e conformidades das normas de RF.

 

Uns explodem, outros ardem, estes emitem radiação perigosa. Onde é que a tecnologia nos vai levar????

 

via: Apple

Bateria que é carregada em segundos e dura uma semana

26.11.16 | Zé Gato

Smartphone_thumb.jpg

 

Uma das principais preocupações à maior parte dos utilizadores de dispositivos móveis, é a duração da bateria. Ora, um grupo de investigadores da Universidade da Flórida Central (UCF) está a desenvolver uma bateria que garante redesenhar o mundo como hoje o conhecemos.

 

Ainda é um simples protótipo em fase embrionária, mas o conceito já foi testado e os resultados são promissores. Segundo os investigadores responsáveis pelo projecto, esta bateria pode ser carregada em segundos e durar até 20 vezes mais que as tradicionais baterias de ião de lítio comummente usadas em dispositivos móveis.

 

Além disso, os investigadores avançam que mesmo após 30.000 recargas esta bateria continua a funcionar como nova, sem se degradar.

 

Esta bateria não está ainda em processo de produção em massa, nem tão pouco pronta para ser comercializada, mas a concretizar-se será um passo na duração e longevidade das baterias de que nós tanto dependemos. É claro, que tudo depende do uso que se dá a um smartphone. Espero para ver...

Spectacles, os óculos do Snapchat, apresentam problemas com vídeos

26.11.16 | Zé Gato

captura-de-tela-2016-09-26-as-1648501.png

 

 

Há uns tempos atrás escrevi por aqui sobre os Spectacles, os óculos da Snapchat capazes de registrar snaps. Ora, já começaram a ser vendidos nos Estados Unidos e, com isso, também começam a aparecer as primeiras reclamações sobre o produto por quem adquiriu o gadget: uma das reclamações mais comuns é a qualidade do vídeo, que só é transmitido em HD em redes Wi-Fi, além da baixa qualidade das gravações em locais com baixa luminosidade, que podem resultar em snaps muito escuros e indecifráveis.

 

A Snap não divulgou os detalhes técnicos do Spectacles, como a capacidade de armazenamento e capacidade da câmera — fazendo os clientes adquirirem o dispositivo "no escuro".   

 

A lente de captação é grande angular, isso significa que o campo visual captado é maior do que o usado em dispositivos como smartphones e tablets. Isso pode fazer com que o usuário grave vídeos com enquadramento equivocado, o que é difícil de identificar, já que os óculos não possuem a opção de visualizar o que está a ser gravado em tempo real. O facto de não existir a opção de visualizar o que é gravado em tempo real intensifica o problema relacionado a baixa qualidade de vídeos gravados em ambiente com pouca luz também. Isso porque o usuário só vai perceber a qualidade da imagem ao ver o vídeo após sua gravação.

 

O último detalhe que atrapalha a vida dos usuários é a limitação de temperatura. O Spectacles não funcionam se o ambiente estiver muito frio ou muito quente. Aliás o dispositivo para de funcionar. A recomendação oficial é que o aparelho seja levado a um local com clima neutro para voltar a operar. A fabricante, entretanto, não revelou quais são os limites de uso no calor ou na neve.

 

Pois é, ontem como hoje, nem tudo o que reluz é ouro...

 

Via Snap e Business Insider