Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

Brincar com LEGO em realidade virtual

23.10.16 | Pedro D.

lego virtual.jpg

 

 

Sempre que "brinco" - isto se um tipo com mais de 40 anos ainda brinca -  com LEGO, imagino como seria ficar do tamanho das minhas criações e viver lá dentro. Agora, com a ajuda da realidade virtual, já é possível. Usando um HTC Vive para uma experiência de Realidade Virtual "walk-in" e um Kinect v2.0 para captar as imagens da pessoa e colocá-la dentro do "cenário", já é possível ficar dentro das nossas criações de LEGO.

 

Veja, como é construir em LEGO virtualmente e estar dentro das nossas criações:

Kit para iniciantes permite construir robôs em casa

22.10.16 | Pedro D.

0f4aea221b5568dd68f9e4db9ac23c5d_original-e1476759

 

Construir robôs já não é coisa de cientistas e técnicos, pelo menos de acordo com o MODI, um kit que promete simplificar a criação de robôs. O MODI basicamente são módulos para que as pessoas possam realizar projetos sem dificuldade, pois as peças ligam-se magneticamente e conectam-se via wireless, com funções que, quando interligados, resultam no funcionamento de uma determinada acção.

 

Os módulos dividem-se em três categorias: “entrada”, “configuração” e “saída”. Um exemplo prático: um ventilador, o modo de entrada seria o botão de funcionamento, a configuração seria a conexão, e a saída seria o o pequeno ventilador. As possibilidades são enormes, o que inclui ligar e desligar a TV pelo smartphone, apagar as luzes com o estalar dos dedos ou até despejar a ração para os animais numa hora determinada. Para aumentar as possibilidades, há diversos módulos específicos, disponíveis para todos os tipos de invenções 

 

Os preços variam conforme a quantidade de módulos incluídos, que vão de 6 a 80 peças, o que resulta em valores entre os 69 dólares e os 999 dólares. O pacote tem lançamento previsto para abril de 2017. 

Ektra o novo smartphone da Kodak

21.10.16 | Pedro D.

Por estes dias a Kodak tinha anunciado a apresentação de um smartphone no dia 20 deste mês (ontem). Pois é, a empresa que já foi a maior do mundo em fotografia, fabrica agora smartphones orientados para a fotografia e que recupera o nome das câmaras Kodak da década de 40: o Ektra.

 

kodak_ektra_2_575px.jpg

Para fugir da bancarrota e dos desastrosos projectos com que tentou voltar ao mercado, a Kodak tenta agora entrar no super-competitivo mercado dos smartphones, com a diferenciação desde logo, que o ponto principal continua a ser a fotografia. Este novo smartphone da Kodak inspira-se no design das câmaras Ektra clássicas de há 60 anos atrás, mas tem características bem actuais: ecrã Full HD de 5", CPU Helio X20 deca-core, 3GB de RAM + 32GB + microSD até 128GB, câmara de 21MP (sensor Sony) f/2.0 com estabilização óptica, câmara frontal de 13MP f/2.2, bateria de 3000mAh, USB Type-C, Android 6.0, e com um conjunto de apps pré-instaladas vocacionadas para a fotografia e vídeo (Kodak Camera), Snapseed, Super, Prints app, etc...

 

kodak_ektra_1_575px.jpg

 

Apesar de ver com agrado o regresso daquela que já foi a maior empresa do mundo em fotografia, penso que será complicado entrar no mundo dos smartphones - que têm câmaras cada vez mais evoluídas - mesmo com um preço simpático de 499 dólares e 21MP de resolução.

A câmera de filmar 360º e 4K mais barata do mundo

20.10.16 | Pedro D.

360-go.png

 

 

A 360 GO é uma câmera 360 graus que faz vídeos em 4K e fotos de alta resolução, por um preço que, segundo a fabricante, é o mais barato do mundo na sua categoria. Com a meta de financiamento mais do alcançada no Kickstarter, a 360 GO é à prova d’água (mergulhos de até 30 m com cápsula controlada por aplicativo para Android e iPhone), além de contar com vários modos fotográficos 360 para escolher o formato ideal em cada situação.

 

Para quem deseja uma câmera de ação 360º para tirar fotografias as especificações não devem decepcionar. No uso panorâmico, o resultado das imagens é de 16 MP, que devem render fotos com boa qualidade de detalhes para edição posterior. A lente embarcada no dispositivo é de grande abertura, com campo de visão de 220 graus e distância focal de 1,1 mm.

 

Em relação à conectividade, a câmera oferece suporte a microUSB, HDMI e Wi-Fi. A bateria é de 1.200 mAh e, nas contas dos criadores do produto, mantém o dispositivo funcionando por até 120 minutos de gravação de vídeo Full HD a 60 quadros. Não sei, se acredito.

 

Se está interessado na iniciativa pode investir na ideia com a cota de HK$ 730 (dólar de Hong Kong), equivalente a 86 euros. Mas não se esqueça dos impostos e taxas alfandegárias.

Nintendo revela a sua nova consola

20.10.16 | Pedro D.

Nintendo Switch_portrait.jpg

Numa época em que os lançamentos de consolas ou novas versões das mesmas, assim como reedição de consolas antigas são o prato do dia. A Nintendo revelou a Nintendo Switch a sua nova consola de jogos que chegará ao mercado em março de 2017.

 

A Nintendo Switch combina numa só consola o conceito de consola doméstica e consola portátil. A peça essencial é um "tablet" em que podemos encaixar uns gamepads (Joy-Con) nas extremidades transformando-o numa consola portátil; mas quando chegamos a casa podemos encaixar o tablet numa base e transformá-lo numa consola "fixa", exibindo os jogos no televisor e com os Joy-Con a poderem ser usados como gamepad remoto. Pessoalmente acho a ideia brilhante, mas eu também achava o conceito da PS Vita brutal e no entanto não foi o sucesso que se esperava.


A Nintendo Switch chegará ao mercado em Março de 2017, e só dependerá de ter um preço atractivo para se poder tornar num sucesso. Simultâneamente é um produto fundamental que irá ditar se a Nintendo continuará a ter futuro no hardware, ou se será relegada para o campo do software (como já aconteceu com empresas como a SEGA e Atari).

 

O mais pequeno smartphone do mundo!!!

20.10.16 | Pedro D.

vphone.jpg

 

Ainda sou do tempo em que os telemóveis da moda se destacavam por ser mais pequenos que os modelos anteriores. Depois apareceu a tendência, do quanto maior, melhor -  ao ponto de um telemóvel deixar de se poder guardar no bolso das calças.  Agora, apareceu o Vphone S8 a relembrar esses tempos, apresentando-se como o mais pequeno smartphone do mundo.

 

Bem, não é propriamente o mais pequeno smartphone do mundo. Na prática é mais uma manobra de marketing. Em vez apresentarem "mais um" smarwatch com cartão SIM, o Vphone S8 não tem bracelete e assume-se como um mini-smartphone. Espertos!!!

 

Se este smartwatch sem bracelete tivesse capacidade de correr Android, a coisa seria mais interessante. Assim...  não passa de um smartwatch low cost e que nem sequer traz bracelete! A questão é: será que se pode chamar smartphone a este smartwatch? A marca diz que sim. Eu dúvido...

Suporte de câmera robô permite fazer panorâmicas gigantes e time-lapses

19.10.16 | Pedro D.

600-0008-smaller.jpg

Baseado na mesma tecnologia desenvolvida pela NASA para filmar sondas enviadas a Marte, GigaPan EPIC Pro V é um suporte robótico para câmeras DSLR que promete oferecer novas formas de filmar aos usuários. Fabricado pela OmegaBrandess, o acessório permite movimentar a câmera em 360 graus na horizontal e em até 180 graus na vertical, podendo ser utilizado para captura de imagens multi-gigapixel panorâmicas, além de filmes em time-lapse.

 

O suporte robótico permite configurar previamente a sequência e a duração dos movimentos. Além da captura horizontal e vertical, o acessório da GigaPan consegue combinar os eixos para produzir movimentos diagonais.

 

Entre as opções de configuração, está a Multiple Triggering, que permite que a câmera bata até 20 fotos a cada movimento sequencial – para esse modo, é preciso um disparador remoto vendido separadamente. O software GigaPan Stitch, para Windows e Mac, faz a combinação das imagens.  O acessório também traz botões de ajuste manual e uma tela LCD para visualização das configurações.

 

O  EPIC Pro V pode ser encaixado em tripés profissionais, traz uma bateria recarregável e tem suporte às câmeras (lente + corpo) com até 4,5 kg. Entre os modelos compatíveis, estão as linhas Rebel e EOS da Canon, além de outras DSRL de Nikon e Sony

 

Infelizmente o acessório está à venda apenas nos Estados Unidos, com o preço aproximado de 1000 dólares.

PC ao estilo LEGO

18.10.16 | Pedro D.

acer.jpg

Computadores de design inusitado e modular não faltam no mercado: Mac Pro, ArtPCPulso, e outros que tal. Mas o PC que vos apresento é um caso à parte:o Acer Revo Build promete resolver a pior coisa de um PC: fazer upgrade. Este computador modular, com tiques de Lego, funciona exactamente como o brinquedo. Basta empilhar os blocos uns sobre os outros que tudo funciona e é reconhecido instantaneamente. Fácil, não!?

 

Além de facilitar a vida de quem tem pavor ou medo de abrir um PC, o RevoBuild resolve ainda outros problemas, como a falta de espaço - é sensivelmente do tamanho de um pacote de leite (1l).

 

Mas vamos às características e diferenciações da máquina, que dependem dos módulos escolhidos: a unidade base integra um processador Intel  Pentium ou Celeron com gráficos integrados Intel HD, enquanto a memória do sistema de até 8GB DDR4 RAM pode ser facilmente atualizada desaparafusando um simples parafuso. Tem ainda, entradas e saídas essenciais (HDMI I/O, DC Jack, Ethernet, USB 2.0 e 2 x USB 3.0, sintonizador de TV ) organizadas na parte traseira e as portas menos usadas e botões OSD escondidos por baixo de uma aba de lado. Uma das curiosidades, é que existe um módulo -  Wireless Power Bank2 - em que basta deixar um telemóvel em cima dele para o telemóvel carregar a bateria. á ainda possivel reproduzir videos 4k colocando o módulo para isso.

 

Preço? Em Portugal ainda não vi nenhum à venda, mas o preço é variável: começa nos 179,99 dólares para o M1-601-UR51:

  • Intel® Celeron® N3050 processor Dual-core 1.60 GHz
  • 2 GB, DDR3L SDRAM
  • 32 GB Flash Memory

e acaba no M2-601-UR61:

  • Intel® Core™ i5-6200U processor Dual-core 2.30 GHz
  • 8 GB, DDR4 SDRAM
  • 1 TB HDD

tudo dependendo dos módulos acescentados.

Como a Zetta enganou meio mundo a prometer smartphones baratos

17.10.16 | Pedro D.

Zetta_2.jpg

 

 

A espanhola Zetta prometia smartphones com a mesma qualidade de um iPhone, mas a preços três vezes mais baixos. Agora revelou-se uma fraude. Ao que parece a companhia espanhola limitava-se a comprar terminais chineses da marca Xiaomi, a baixo custo, que depois revendia sob a marca Zetta.

 

O logótipo da marca, uma bolota mordida (numa referência à maçã da Apple), já levou a que o caso seja referido na imprensa espanhola como o Bolotagate. O caso foi denunciado por utilizadores do forum Forocoches que suspeitaram que algo de errado se passava com esta marca que produzia em Espanha terminais com tão baixo preço.

 

A denúncia provocou num primeiro momento o encerramento da página web da Zetta no domingo, o que pode ser sinal de uma das maiores fraudes tecnológicas dos últimos tempos em Espanha.

 

via: DN

O drone com câmara 4K mais barato do mundo

17.10.16 | Pedro D.

pack.jpg

 

 

Há relativamente pouco tempo a DJI apresentou o seu  novo Mavic Pro, mas eis que surge uma proposta de um concorrente inesperado. A Tencent um concorrente chinês vai tentar dar luta com o seu drone Ying super compacto, com streaming integrado, e por apenas 299 dólares.

 

Apesar do seu preço concorrencial, não se pense que se trata de um drone "low-cost". Este drone vem equipado com uma câmara 4K e poderá fazer streaming em directo para o WeChat com resolução HD 720p. Para além disso, tem uma navegação com "auto-piloto", que mantém a altura ao solo e até pode seguir objectos automaticamente.

 

Com um peso de 425g,  pode ser transportado dentro de uma mochila. É óbvio que pela diferença de preço haverá diferenças susbstânciais entre os dois produtos, sendo a mais notória o sistema de estabilidade. Mas será que vale a pena pagar mais 600 dólares!???

 

Nova TV da Panasonic em OLED é totalmente transparente

17.10.16 | Pedro D.

tv01.jpg

 

 

A Panasonic apresentou no evento CES 2016, em janeiro deste ano o seu protótipo de TV com tela “totalmente transparente", que se mistura com o design de fundo de forma quase imperceptível. No entanto, desta vez, a TV fez um avanço da tela LED para a tecnologia OLED.

 

O grande diferencial da TV da Panasonic é sua capacidade de se “esconder” no design da casa de forma discreta, como se fosse uma superfície de vidro. Assim, enquanto está desligada, ela não interfere no cenário, ao contrário das TVs tradicionais, que ficam com o display escuro e contêm bordas. O interessante é que a TV pode ser usada com controle remoto, de forma tradicional, além de receber comandos por meio de movimentos ou ações por voz.