Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

Esta coleira diz-lhe se o cão está feliz

23.10.16 | Zé Gato

mw-860.jpg

No Japão, há uma empresa que acaba de lançar uma coleira que usa sensores e algoritmos para apurar qual o estado de espírito de um cão a cada momento. Brutal, não!??

 

O Gadget não tem a capacidade de transportar humanos e cães para uma fábula em que os animais falam, mas promete acabar com a barreira comunicacional entre uma das mais antigas amizades entre espécies, através de uma coleira eletrónica que reflete o estado de espírito de um cão através de LEDS de várias cores.

 

O conceito tem por base sensores que monitorizam o batimento cardíaco dom animal ao longo dia. Todos os dados relativos ao batimento cardíaco são tratados por um algoritmo que permite fazer estimativas quanto ao estado de espírito do cão. É com base na análise levada a cabo por este algoritmo que a coleira atribui uma cor a cada estado de espírito.

 

coleira da Inupathy está apta a enviar dados por bluetooth para telemóveis. Esses dados podem ser trabalhados numa app, que sugere diferentes exercícios e brincadeiras, para o caso de ser necessário tirar o fiel amigo de um estado de tristeza. A app informa ainda qual a evolução registada no ânimo do cão com a execução dos diferentes exercícios e pode fazer médias estatísticas quanto à evolução emocional de um cão numa semana ou num mês.

 

via: popular science

Kit para montar drone modular sem dificuldade

23.10.16 | Zé Gato

e1abfe9d701f92406d3ec516d4ec0a65_original.jpg

 

 

Por estes dias apresentei um kit para montar um robô de nome MODI. Hoje trago-vos um drone modular da empresa chinesa Makeblock que está em campanha no Kickstarter para se tornar realidade.

 

Com o nome de  AirBlock a empresa apresenta-o como "o primeiro conjunto de blocos que consegue voar". Basicamente é um drone modular, que pode ser montado pelo usuários de acordo com as necessidades. Com isso, é possível personalizar tudo, desde configurar e escrever o código a escolher as peças e voar com o aparelho. 

 

O AirBlock tem quase todos os componentes do corpo destacáveis, como o processador, os motores, rotores e tudo o mais o que for necessário para colocá-lo no ar. Todas as peças são ligadas por meio de conectores magnéticos. O usuário pode reconfigurar como desejar as peças e transformar o drone num hovercraft por exemplo. A imaginação e o número de modulos são o limite.

 

A meta da empresa no site de crowdfunding era 100 mil dólares, o que já foi largamente ultrapassado e ainda faltam cerca de 50 dias para o fim do financiamento. Com entrega  prevista para fevereiro de 2017, o  Airblock tem um preço de lançamento de 99 dólares; o preço regular de mercado será de 149 dólares.

 

Brincar com LEGO em realidade virtual

23.10.16 | Zé Gato

lego virtual.jpg

 

 

Sempre que "brinco" - isto se um tipo com mais de 40 anos ainda brinca -  com LEGO, imagino como seria ficar do tamanho das minhas criações e viver lá dentro. Agora, com a ajuda da realidade virtual, já é possível. Usando um HTC Vive para uma experiência de Realidade Virtual "walk-in" e um Kinect v2.0 para captar as imagens da pessoa e colocá-la dentro do "cenário", já é possível ficar dentro das nossas criações de LEGO.

 

Veja, como é construir em LEGO virtualmente e estar dentro das nossas criações: