Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

Garrafa que transforma ar em água

19.04.16 | Charlie

 

Imagine uma garrafa capaz de captar a humidade do ar, condensá-la e armazená-la como água potável. Esta é a promessa da Fontus, uma criação dos jovens Kristof Retezár, Brian Winters, Bojan Masirevic e Paul Schmalzl.

 

Esta garrafa de nome Fontus tem um pequeno ventilador que aspira o ar do ambiente e passa por um filtro especial capaz de pressionar o ar para dentro das câmaras de condensação. Aí, pequenos refrigeradores condensam a humidade e armazenam a água na própria garrafa. Há dois modelos disponíveis: a Fontus Airo, unidade autónoma que usa energia solar e se liga à garrafa através de USB, e a Fontus Ryde, para levar na bicicleta. Nos testes realizados, o aparelho conseguia produzir até meio litro de água potável em uma hora, variando este valor consoante o nível de humidade do ar.

 

A criação dos três amigos, está à procura de financiamento numa campanha de "crowdfunding" e já ultrapassou o valor definido.

Carro eléctrico atinge 400 km/h em 11 segundos

18.04.16 | Charlie

Toroidion-00-720x371.jpg

Toroidion-02-720x418.jpg

 

 

A Tesla tem aparecido bastante nos meios de comunicação com o sucesso dos seus veículos eléctricos que estão a mudar o segmento automóvel. Contudo, não é a única empresa neste sector, até porque há várias, algumas até estão muito mais evoluídas em termos de motores.

 

Uma das que mais tem brilhado neste segmento, embora ainda em fase de projecto, é a empresa finlandesa Toroidion. Criada em 2011 para desenvolver um potente carro elétrico que seria competitivo na mítica corrida das 24 horas de Le Mans. 

 

A marca lançou um super bólide eléctrico, o “1MW ” que vai dos 0 aos 400 km/h em apenas 11 segundos. Tal como em outras marcas, este carro tem um motor para cada roda. O Toroidion 1MW vem com um motor eléctrico dianteiro de 200 kilowatts e nas rodas traseiras, cada uma é alimentada por um motor de 300 kilowatts. O combinar destas tracções leva o veículo a atingir os 400 km/h nuns estonteantes 11 segundos.

 

Titanic feito de 220 mil peças Lego em Lisboa

17.04.16 | Charlie

Já aqui escrevemos sobre o desastre do Titanic em 120 mil peças de Lego. Desta vez trazemos uma réplica do navio de 220 mil peças de Lego que estará no MEO Fan Event entre 23 de abril e 1 de maio.

 

Esta mega exposição de construções com peças Lego, videojogos, displays de modelismo e brinquedos antigos, a maior mostra do género alguma vez realizada no país.

 

Ao longo de nove dias é possível conhecer fantásticas construções realizadas com peças LEGO® como o castelo seiscentista de Ussé em França  que terá inspirado a história da Bela Adormecida, a monumental igreja de São Martinho de Colónia ou um porta-aviões. Também em mostra está uma réplica do couraçado Bismarck, da corveta da Marinha Portuguesa João Roby, do couraçado Jaime I e do cruzador Canárias. E claro, o Titanic...

 

ng6506888.jpg

 

O seu telemóvel nunca mais vai cair ao chão

17.04.16 | Charlie

beeline-carabiner-phone-case-3.jpg

 

beeline-carabiner-phone-case-2.jpg

 

 

Se é daquelas pessoas que está constantemente a deixar cair o telemóvel, este post é para si. A Beeline certifica-se de que o seu telemóvel nunca cai ao chão. Basicamente é uma capa para smartphone com um mosquetão built-in com uma linha retrátil, que permite que o telefone nunca "foge" para muito longe.

 

Apenas para iPhone está disponível por 54.99 dólares no site da marca.

 

O melhor velomobile do mundo

16.04.16 | Charlie

podride-11.jpg

 

 

Velomobiles - triciclos reclinadas cobertos com um escudo aerodinâmico, muitas vezes com um motor elétrico para ajudar na pedalada. Ou seja, qualquer coisa entre bicicleta e carro. Mas, ainda são uma visão bastante rara, pelo meno na Europa...   mas, um engenheiro de design de nome Mikael Kjellman, tem a intenção de mudar isso, com sua PodRide.

 

Com um corpo de tecido impermeável montado sobre uma estrutura de alumínio, e uma altura de assento , que oferece a mesma visibilidade de um carro pequeno. Ele está a usar o protótipo como transporte para o seu trabalho, todos os dias e em todas as estações do ano. Para aumentando o poder da pedalada do ciclista, o protótipo tem um motor montado de 250 watts, levando o PodRide a uma velocidade máxima electronicamente limitada a 25 km/h. Uma carga da bateria a bordo dá para cerca de 60 km ( 37 milhas).

Outras características incluem um sistema completo de iluminação LED , transmissão hub 14 velocidades , suspensão Airsprung , o compartimento de carga traseira , ventilador de desembaçamento interior , e um limpador de accionamento manual .

Anel que permite cegos lerem um livro

15.04.16 | Charlie

anel4.jpg

 

 

Para um invisual, ler é praticamente impossível. Apesar da escrita braille e de alguma tecnologia que vai relatando o que está escrito, é sempre diferente e complexo, para um cego, ler.
 
Algo simples como uma carta, as contas no correio ou até mesmo um panfleto, tudo isso são enormes desafios que dificilmente seriam superados.
 
Foi exactamente a pensar nesta importante questão, que um grupo de investigadores do MIT, nos Estados Unidos da América, criou o aparelho FingerReader.
 
Este é um objecto que em tudo se parece com um simples anel, mas na realidade é bem mais que isso. Este lê, quase de forma perfeita, qualquer texto, em voz alta.Coloca-se no dedo indicador e ir acompanhado o papel do início ao fim, para que a pequena câmara capte tudo e comece a ditar o que está escrito. 
 
 
Veja como funciona através do vídeo:
 

Lente de contato inteligente controlada com um piscar de olhos

13.04.16 | Charlie

0x1o5iog83kucyociy2ydep06.jpg

 

 

A conhecida Samsung está a trabalhar  numas lentes de contato inteligentes que gravam e exibem imagens no campo de visão do usuário, graças a uma microcâmera e um pequeno display. A fabricante já registrou a patente para o dispositivo, que também possui uma antena e sensores de movimento.

 

Segundo a marca, o usuário poderá controlar a câmera do dispositivo pelo piscar de olhos e transmitir a informação capturada para um smartphone, necessário para o funcionamento das lentes. De acordo com o documento da Samsung, a principal razão para o desenvolvimento do dispositivo é superar significativamente a qualidade de imagem de outros dispositivos de realidade aumentada. Se a coisa resultar será uma pedrada no charco depois do falhanço dos óculos da Google...

 

via: SamMobile

Carregador portátil manual é ideal para casos de emergência

12.04.16 | Charlie

1jiffy-carregador-portatil-manual-a-manivela.jpg

 

 

Carregadores portáteis já são comuns há muito tempo, mas um em especial está a chamar atenção no site de financiamento coletivo Indiegogo. O carregador de nome Jiffy tem como diferencial não necessita ser ligado à tomada, nunca.

 

Super ecológico, o gadget funciona à manivela, transformando energia mecânica em elétrica. O dispositivo cabe no bolso e pode ser usado em qualquer lugar para carregar bateria de smarphones, câmeras ou qualquer aparelho com conexão USB.

 

O Jiffy consegue produzir uma corrente elétrica de até 2.200 mA, que é transferida à bateria mais rapidamente por conta da tecnologia “Quick Charge 2.0″.Tudo graças a um micro gerador assíncrono trifásico de alta produtividade, accionado por um relógio mecânico. Ao girar a alavanca, o mecanismo é carregado com energia cinética, que por sua vez é transmitida ao micro gerador, cujo módulo de carga é de 5V.

 

A campanha de financiamento no Indiegogo termina a 20 de abril. Quem quiser comprar uma unidade tem que desembolsar cerca de 25 dólares. 

Jovem cria garrafas biodegradáveis feitas de algas

11.04.16 | Charlie

algas.jpg

 

 

Ainda sou do tempo em que os garrafões de água eram de vidro e reutilizados, agora são de plástico e nem sempre são reciclados. Cada vez que vejo as estatísticas sobre o uso de plástico nos produtos do dia-a-dia fico desolado.

 

Como eu, também Ari Jónsson fica chocado;só que ao contrário de mim e da maioria das pessoas, decidiu fazer alguma coisa quanto a isso. O jovem criou um novo material, feito a partir do pó de algas, que se pode desintegrar em pouco tempo.

Este novo material tem ainda uma outra particularidade: enquanto a garrafa estiver cheia de água ou outro liquido qualquer, o material mantém todas as propriedades como o "plástico"; mas assim que a garrafa é esvaziada, o material degrada-se em pouco tempo, sem ser prejudicial para o ambiente. Aliás, é até possível comer-se a garrafa, sem problemas. E esta, hein!?

via: Aberto até de Madrugada

Limpar a areia dos gatos pode ficar mais fácil

10.04.16 | Charlie

it__s_a_cat_in_a_box_by_equinejumper2-d5375js.jpg

 

 

Limpar a caixa de areia é a tarefa menos agradável para os donos de gatos. Mas a solução foi criada há 20 anos e está de volta.

 

Estávamos nos anos 90 quando Dini Petty, uma celebridade televisiva canadiana, lançou a primeira versão desta diferente caixa de areia para gatos. Na altura, através dos anúncios das televendas, mais de dois milhões de caixas foram vendidas. Quase 20 anos depois, o produto estava esquecido — tal como muitos outros publicitados durante as emissões televisivas das madrugadas.

 

Foi então que decidiu associar-se ao filho e redesenhar o produto. “Melhorámos a nível funcional, a qualidade dos materiais e a construção, juntamente com o aspecto estético”, lê-se na descrição do produto. “Criámos a Luuup para ser a última caixa de areia que alguma vez terás que comprar”, acreditam mãe e filho.

 

A Luuup é composta por três tabuleiros idênticos e empilháveis, com um padrão de ranhuras. O sistema de limpeza é simples: basta agitar o tabuleiro que estiver em cima para que a areia caia no inferior, separando assim os desperdícios. Estes podem ser descartados sem ser necessário usar luvas ou pás. O passo seguinte é rodar o tabuleiro superior 180 graus e colocá-lo por baixo dos outros três, de forma a ficar bem encaixado. Todo o processo de limpeza leva alguns segundos.

 

A ideia, aparentemente tão simples, agradou a mais de 14.000 pessoas que decidiram contribuir com a campanha de “crowdfunding” que já bateu recordes na plataforma Kickstarter. Para já, estará apenas à venda no Canadá e Estados Unidos.