Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

GADGET MAN

Tecnologia para pessoas...

Mala para notebook que recarrega sem fios os seus aparelhos

laer mala.jpg

 

A LAER é uma mala de transporte para notebooks que pode recarregar as baterias dos seus dispositivos sem a necessidade de fios. Actuando como um potente powerbank, o acessório serve para proteger um notebook durante o transporte, enquanto distribui energia para o laptop e outros aparelhos via portas DC (para notebooks e Macs), USB, USB-C e até mesmo via indução para smartphones que suportam recarga sem fio.

 

Em relação à capacidade energética, a LAER pode oferecer 20.000 mAh, carga suficiente para abastecer seis Galaxy S8. Entretanto, uma bateria de 20.000 mAh pode ser muito pesada para uma boa parte dos usuários, motivo pelo qual o fabricante permite que você substitua esse componente por uma unidade de 5.000 mAh.

 

Os interessados podem adquirir o LAER via Indiegogo por 50 dólares, com uma bateria de 20.000 mAh. A entregas estão previstas para começar em março de 2018.

 

Via Indiegogo

 

O melhor notebook do mundo para gamers

20170112171142_660_420.jpg

 

Uma das coisas mais impressionantes que surgiram durante a CES 2017 foi um notebook diferente de tudo o que já existia. Trata-se do modelo Predator 21X, da Acer. Este portátil é de tal forma diferente, que leva-me a questionar se não é melhor criar uma nova categoria de PCs para ele. 

 

Com uma tela de 21 polegadas e um peso de 9 quilos, creio que não será propriamente um portátil - será mais um transportavel - será difícil coloca-lo dentro de uma mochila para uma viagem. Nem consigo imaginá-lo no colo de alguém (lembro que “lap” significa “colo” em inglês). 

 

O “laptop” traz duas GPUs GTX 1080, da Nvidia, atuando em conjunto - é do que há de mais poderoso no mercado - e ter duas delas a operar juntas em uma máquina é basicamente de outro planeta. Desktops poderosos não precisam de mais do que uma para rodar os exigentes jogos de realidade virtual com alta qualidade e desempenho. Os 64 GB de memória RAM também são muito mais do que o recomendado para rodar qualquer jogo - mais especificações de outra galáxia.

 

Para manter isto tudo a funcionar, é necessário ter cuidado com a ventilação, porque esses componentes de alto desempenho tendem a aquecer, para resolver esse problema este transportavel tem cinco ventoinhas dedicadas à refrigeração do aparelho, que se torna ainda mais importante quando lembramos que ele conta com um processador Intel Core i7-7820HK, que aceita overclock para funcionar em frequências maiores do que a de fábrica. Completamente de loucos.

 

As surpresas não param por aí. O teclado é mecânico, o que garante maior precisão na digitação, o que pode fazer diferença em cenários de jogos competitivos. Ainda há a opção de transformar o teclado numérico em um touchpad.

 

No fim das contas, o Acer Predator 21X impressiona por ser um monstro em qualquer categoria que imagine: o desempenho é brutal, o tamanho é enorme, o peso é enorme e o preço também é gigante: 9 mil dólares, diga-se. Fica a dúvida se existe mercado para um produto deste tipo!!?

 

via: Acer

Notebook com três monitores acoplados

166674.3043.jpg

 

A CES, maior feira anual de eletrônicos de consumo do mundo, sempre é palco de muitas novidades interessantes – e algumas bastate loucas também. O evento funciona como uma espécie de montra gigante para que as empresas mostrem do que são capazes, o que significa que nem sempre tudo o que aparece por lá vai chegar ao consumidor um dia.

 

Deixando esse "pessimismo" de lado, a Razer aproveitou a CES em Las Vegas para mostrar um conceito de notebook com três displays acoplados. O laptop multimonitor foi batizado como Project Valerie e tem como objetivo estabelecer um novo padrão de imersão para entretenimento e oferecer diversas possibilidades para usuários de computadores portáteis.

 

O notebook é o primeiro do mundo a trazer três monitores acoplados – todos IGZO de 17,3 polegadas com resolução 4K e tecnologia NVIDIA G-SYNC. Além de agradar os gamers, o novo sistema também é ideal para profissionais de criação, que terão 100% de precisão na reprodução da paleta de cores Adobe RGB e o maior espaço de tela para a utilização simultânea de diversos programas, de acordo com a Razer.

Lembramos que é apenas um conceito. No entanto, levando em consideração que o novo Blade Pro que custa cerca de 3.700 dólares, o Project Valerie poderia ser vendido por, pelo menos 6.000 dólares caso fosse realmente lançado no mercado. Mas isto sou eu a divagar, tal como os criadores do projecto...

 

ADENDA: os prótotipos deste portátil acabaram por ser roubados durante a CES.

O primeiro notebook 2 em 1 que carrega sem fios

dell-laptop-2.jpg

 

A Dell é conhecida por fazer laptops brutais, mas por outro lado também ficou conhecida por não ser muito inovadora. É então que aparece o novo e inovador Latitude 7285, o primeiro computador 2 em 1 a ter a possibilidade de carregamento sem fios.

 

O carregamento sem fios tem se tornado cada vez mais comum nos smartphones e até dispositivos vestíveis. Mas em aparelhos maiores, como tablets e laptops a coisa não está assim tão avançada. Provavelmente porque precisamos de um dock maior e consequentemente inestético.

 

O dock que carrega o Latitude 7285 não vai ganhar nenhum concurso de beleza, e é preciso ter bastante espaço na mesa para ele. Mas ainda assim é bastante conveniente, especialmente para as pessoas que costumam carregar os dispositivos na mesa, mas usam muito o computador fora de casa.

 

Além do carregamento sem fio, e o design 2 em 1 com tablet e teclado destacável, o Latitude 7285 possui um processador Intel Kaby Lake. A Dell oferece dois tipos de teclado: um no estilo do Surface ou um mais tradicional (e maior), que vem como uma bateria que segundo a Dell oferece mais 4 horas de autonomia. O dock carrega o Latitude 7285 pelos teclados, então não adianta você jogar a parte do tablet na plataforma.

 

O lançamento está para breve, mas a Dell ainda não divulgou preços. Espero para ver...

 

via: cnet

Onenuts T1 – Um mini PC com ecrã táctil e projector integrado

Onenuts-T1_thumb.jpg

O segmento dos mini PCs tem um enorme opção de escolha, a provâ-lo está a quantidade de equipamentos que estão disponíveis no mercado. Para conquistar os utilizadores, os fabricantes têm de introduzir novas funcionalidades. Um bom exemplo disso, é o mini PC Onenuts T1.

 

O mini PC Onenuts T1 é basicamente um PC em forma de tablet e com um vídeo projector integrado. E com especificações bastante interessantes:

 

  • Ecrã: táctil de 8” com resolução máxima de 1280 x 800 pixéis
  • SoC: Intel Atom x5-Z8300 com CPU de quatro núcleos e GPU integrada
  • RAM: 2GB
  • Memória de armazenamento: 32 GB
  • Projector integrado com uma resolução de 1280 x 720 pixéis
  • Bateria: 4.850 mAh
  • Wifi: 802.11ac
  • Sistema Operativo: Windows 10

 

Em termos de interfaces, o Onenuts T1 disponibiliza quase tudo o que um PC normal tem, e com uma bateria que dura com a sua carga máxima, 2 horas. É de salientar que o projector tem 300 lúmens e a lâmpada tem uma vida útil de 20.000 horas. O preço ainda não está defenido, mas se for simpático (abaixo dos 150€) terá de certeza muitos interessados..

O mais forte portátil do mundo transforma-se em tablet

panasonic-toughbook-cf-20-1.jpg

 

Para quem o trabalho depende de um computador, tem de andar sempre com um atrás. Mas nem sempre é fácil: por vezes a agilidade pede um tablet, outras vezes um portátil é a melhor opção para escrever textos ou trabalhar numa folha de Excel. Imagine uma opção com estes dois gadgets. Um portátil, que se transforma num tablet num ápice. O Panasonic Toughbook CF- 20 está projectado para pessoas que se encontram nestas situações: ele permite que aproveite as características de trabalho de um laptop, com a facilidade funcional de um tablet. 

 

panasonic-toughbook-cf-20-2.jpg

 

 

Como outros produtos da mesma linha Panasonic, o Toughbook CF- 20 foi construído para uso em ambientes externos , por isso é totalmente equipado para lidar com quedas, choques , vibrações, interferência eletromagnética , temperaturas extremas, água , poeira e areia. Ele também vem com baterias hot- swappable para dias passados sem possibilidade de recarregar a bateria. Com uma tela IPS de 10,1 polegadas foi projectado para ser legível sob a luz solar direta.

 

As características incluem um CPU Intel Core m5 vPro , 8GB de RAM, 256GB de SSD de armazenamento, um punhado de recursos de segurança embutidos, e todas as ofertas de conectividade habituais ( incluindo LTE opcional e GPS dedicado) , todos alojados dentro de um invólucro de liga de magnésio .

 

 

Como tudo o que está na lista dos melhores do mundo, o seu preço é também é de outro mundo: o Panasonic Toughbook CF-20 custa na versão mais barata 3,099 dólares.